Mulher grávida é agredida com socos por policial militar durante confusão em MG


 

Imagens que circulam nas redes sociais mostram uma mulher grávida sendo agredida com socos por um policial militar em Extrema (MG). O caso ocorreu na segunda-feira (26) e as imagens começaram a circular na internet nesta terça-feira (27).


Conforme as imagens, os policiais foram ao bairro Cachoeira para atender um desentendimento entre pai e filho, sendo que um dos envolvidos foi detido e os familiares teriam sido contrários à prisão.

Durante esta confusão, conforme as imagens, a mulher grávida, que está em meio às discussões, é agredida por outro militar. Conforme o vídeo, ela está de costas e recebe socos do policial militar.


O que diz a Polícia Militar
Em nota enviada à EPTV, afiliada Rede Globo, o comando do 59º Batalhão de Polícia Militar disse que, no dia da ocorrência, a PM foi acionada para ir ao local por conta que um homem havia dito que o filho o havia ameaçado de morte e, em seguida, furado os quatro pneus do carro dele.

Ainda na nota, a polícia diz que com a chegada da equipe, foi o suspeito foi preso e, no local da prisão, outras pessoas tentaram impedir a atuação dos policias com desacatos e resistência.

O comando disse que um dos policiais foi agredido e necessitou de atendimento médico, sendo medicado e liberado posteriormente. A Polícia Militar, conforme a nota, registrou boletim de ocorrência pelos crimes de dano e amaças cometidos pelo filho do solicitante, além de desacato e resistência pelas mulheres que estavam no local.

Sobre a agressão à mulher grávida, o comando da unidade destacou que irá apurar os fatos e a conduta de cada atuante.

Segundo a polícia, as pessoas envolvidas foram presas em flagrante e liberadas após assinarem o termo de compromisso de comparecerem à audiência em juizado especial criminal.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem