Músico é preso pelo sequestro e estupro de criança de 11 anos


 

O músico Bruno Dias de Oliveira, conhecido como "Bruno do Acordeon", 33 anos, foi preso pelo sequestro e estupro de uma criança de apenas 11 anos de idade. 


De acordo com a polícia de Manaus (AM), o criminoso tinha um relacionamento com a mãe da vítima, morta por Covid-19 em janeiro. Com isso, assumiu a relação com a enteada. Bruno nega o envolvimento com o desaparecimento e foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.


A garota estava desaparecida desde sábado (17), quando teria ido à casa de uma amiga. A família desconfiou da demora da jovem, que não retornou. Bruno do Acordeon passou a ser suspeito do desaparecimento, pois o pai da vítima encontrou uma conversa dos dois em uma rede social.

Nas mensagens, o criminoso conseguiu convencer a menor a fugir de casa. Foi com posse dessas informações que a família descobriu o relacionamento com o padrasto, que ocorria há mais de um ano, e com a conivência da mãe.

A criança estava na casa da tia de Bruno, também levada à delegacia. Após saber que a polícia estava buscando a menina, o músico resolveu devolvê-la ao pai. Bruno deverá aguardar a decisão da Justiça na prisão.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem