Menino Kaio, de 8 anos, morre após ter sido baleado na cabeça

No momento do tiro, ele participava de uma festa da escola em que a mãe trabalha dando aulas de reforço na zona oeste do Rio

O menino Kaio Guilherme, de 8 anos, morreu na noite de sábado (24) após passar uma semana internado depois de ter sido baleado na cabeça na zona oeste do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada à Record TV Rio pela mãe da criança.

No momento do tiro, Kaio participava de uma festa da escola em que a mãe trabalha dando aulas de reforço. "Ele estava na fila para pintar o rosto. Não tinha nem dez minutos que estava na festa", contou Rayane Baptista, tia do menino. Inicialmente, a família acreditou que a criança tinha se machucado ao cair e batido a cabeça.


Veja Também: 

Ele foi levado para um hospital em Realengo e depois transferido para o Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz. Apenas no hospital descobriram que o ferimento era por conta de um tiro. O avô acredita que o tiro tenha vindo da comunidade vizinha, pois no momento não se escutava troca de tiros no bairro.

O Instituto Fogo Cruzado, que monitora vítimas de violência, registrou que seis crianças foram baleadas na região Metropolitana do Rio de Janeiro em 2021. Destas, quatro foram atingidas por bala perdida e duas morreram. Kaio é 100ª criança vítima de arma de fogo no Rio desde 2016.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem