Estado de Pernambuco deve anunciar medidas de flexibilização até amanhã



O secretário de Desenvolvimento do Estado, Geraldo Julio, e a secretária executiva da pasta, Ana Paula Vilaça, andam debruçados sobre uma série de reuniões nos últimos dias, que visam a ajustes a serem imprimidos nas restrições estabelecidas pelo último decreto da gestão estadual, que previu, após a quarentena mais rígida de 14 dias, uma reabertura gradual a partir de primeiro de abril.

Veja Também: 

Além de irem à mesa com o secretário de Saúde, André Longo, Geraldo e Ana Paula também fizeram uma série de auscultas. Entre elas, com o Movimento Pró-Pernambuco, composto por entidades de classe representativas dos segmentos de indústria, comércio, serviços e de profissionais liberais.


Como as restrições do último decreto perdem a vigência no próxim domingo, os auxiliares do governador Paulo Câmara andam fechando os últimos ajustes para anunciarem algumas reformulações. Houve quem não descartasse que novas medidas pudessem ser anunciadas ainda hoje, mas predomina, nos bastidores, a ideia de que o conjunto deve ser fechado até amanhã.


“Tem setores totalmente fechados, o comércio de praia está totalmente fechado. Pode haver um ajustezinho”, observa uma fonte do governo, em reserva, à coluna. Nos sábados, domingos e feriados, as atividades econômicas estão permitidas, hoje, das 10h às 17h e há uma bolsa de apostas sobre flexibilização desse horário também.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem